A Construção de Discursos Anticomunistas pela Imprensa Brasileira nos Anos 50 Através da sua Cobertura da Guerra da Coréia (1950-1953)

Orivaldo Leme Biagi

Resumo


O presente artigo procura mostrar a infl uência da Guerra da Coréia (1950-53) na vida política brasileira da primeira metade da década de 50 do século XX, mostrando o confronto, em particular dentro das forças armadas, entre os grupos nacionalista e liberal – com a imprensa brasileira apoiando o grupo liberal e construindo discursos anticomunistas para atacar o grupo nacionalista.

Palavras-chave


Guerra Fria; Guerra da Coréia; Política Brasileira; Imprensa Bra sileira

Texto completo:

PDF

Referências


Jornais e Revistas:

- Correio da Manhã;

- Estado de São Paulo, O;

- Folha da Manhã;

- Imprensa Popular;

- Manchete;

- Revista do Clube Militar

- Tribuna da Imprensa;

Livros e Artigos:

CUMINGS, Bruce. Korea’s Place in the Sun – a Modern History. Nova Iorque, Londres: W.W. Norton & Company, 1997;

IANNI, Octavio. O Colapso do Populismo no Brasil. 4ª ed., Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978;

LACERDA, Carlos. Depoimento. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1978;

PEIXOTO, Antônio Carlos. “O Clube Militar e os Confrontos no Seio das Forças Armadas.” IN ROUQUIÉ, Alain (Coord.). Os Partidos Militares no Brasil. Rio de Janeiro: Record, s/D;

SODRÉ, Nelson Werneck. História Militar do Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1965.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Orivaldo Leme Biagi



Centro Universitário UNIFAAT